O descredenciamento de médicos e hospitais; o fechamento de escritórios no interior e a falta de investimento por parte do governo do RS estão matando o IPE Saúde. Junto com ele, padece uma imensa população de servidores e servidoras que dependem do serviço.

A mudança depende de nós! No dia 2 de outubro ajude a eleger um governo e um parlamento que estejam ao lado do povo e defendam o serviço público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.